ID#62 – Resinas Composta ou Cerâmica?

Tempo de leitura: 2 minutos

Transcrição do vídeo

Algumas pessoas, devido a vários fatores envolvidos, ficam em dúvida na hora de escolher o material restaurador para realizar algumas facetas. Resina ou cerâmica? Lógico que vão existir situações bem claras para que possamos tomar essa decisão. Mas há aquelas outras situações onde pode existir a possibilidade de se usar qualquer uma das duas. Já aconteceu com você? O que te fez definir? Pois vamos então falar sobre isso hoje.
Olá, eu sou Dulce Simões do Inspirando Dentistas, e algumas vezes, como você, estive na situação limite. Alguns pontos podem te levar a definir. Primeiro a aspiração do paciente. O que ele deseja. Às vezes ele já vem bem decidido do que quer mas as vezes não. 
O segundo ponto por exemplo é a sua experiência, o que você entrega melhor? Trabalha bem com resina? Tem um bom laboratório? Esses são pontos que devem ser levados em consideração. 
Terceiro ponto o tempo. Há urgência? Se há urgência não tem como ser um procedimento que possui mais passos e que leva mais tempo para ser concluído. E falando em mais passos temos o quinto ponto que é o valor dos procedimentos. Se formos pensar na responsabilidade de colocarmos todas as nossas habilidades estéticas o valor das facetas em resina deveriam ser até mesmo superiores as facetas cerâmicas e alguns defendem essa conduta. Mas sabemos que na realidade não é assim, o que acontece até porque as cerâmicas envolvem muito mais passos, mais horas clínicas e os honorários de terceiros como o laboratório. Então,  a questão econômica do paciente deve ser levada em consideração.
Muita gente falava também que a escolha era feita pelo desgaste dentário que iria acontecer, mas hoje as preparos são minimamente invasivos independente se o caso exige resina ou cerâmica. Quem define o preparo é aquilo que desejamos esconder ou resolver. Ah! e a durabilidade? Quanto a isso vamos por partes porque hoje temos pelo menos 4 tipos de facetas de resinas compostas, as facetas diretas, as semi-diretas, as indiretas e as pré-fabricadas e cada uma delas tem suas características próprias. Assim, todos os materiais tem seus pontos positivos e negativos e um ponto a ser considerado a favor das cerâmicas é que elas são estáveis quimicamente não tendo como desvantagem por exemplo o manchamento ao longo do tempo. 
Mas vamos continuar discutindo esse assunto nos próximos vídeos. Comente se você gostou desse vídeo, se tem dúvidas, ou se apenas deseja deixar sua opinião isso é muito importante. Coloca aqui abaixo que eu leio e respondo todos vocês. Espero que esse vídeo tenha feito sentido para você beijo grande e eu te vejo no próximo.

 

Deixe seu Comentário