ID#49 – 4 pontos a considerar

Tempo de leitura: 3 minutos

Transcrição do vídeo

Todo mundo que me acompanha sabe que acredito que bons trabalhos são feitos a partir da construção do conhecimento e que você não vai conseguir mudar seus resultados se continuar aí fazendo tudo da mesma maneira. E dentro dessa linha de pensamento existem 4 pontos que vou conversar com você hoje.
Olá, eu sou Dulce Simões do Inspirando Dentistas e o assunto de hoje talvez cause um certo desconforto, ou não, mas está tudo bem. Afinal essa é apenas a minha opinião e você tem todo direito de concordar ou discordar, estamos aqui pra isso mesmo. O importante é pensar, repensar, refletir e se fizer algum sentido, mudar. Eu falei no início desse vídeo de 4 pontos e você deve estar se perguntando que pontos são esses?
O primeiro ponto é exatamente sobre o conhecimento. Quanto tempo faz que você não faz um curso, não vai a um congresso, não lê uma revista ou um livro? São muitas mudanças nos últimos anos, e são tantas que eu já te adianto que se faz uns 2 anos você já está com alguns conceitos desatualizados. Hoje não tem como você se desculpar. Se você não tem tempo para nada, a internet está aqui. Veja vídeos, escute podcasts, faça cursos online. Hoje o mundo é feito de opções que estão na palma da sua mão a qualquer dia, qualquer hora e em qualquer lugar.
Segundo ponto: Todo material ele é estudado, testado, analisado e trás com ele, na hora em que você compra, uma descrição de suas características, com todo passo a passo de como ser empregado. Uma pequena pergunta: Por que você resiste em ler essas instruções? Por que você emprega o material de forma errada, por que você não segue as indicações dos fabricantes? Por que se o fabricante diz que você não use tal produto ou não misture isso com aquilo você acha que ele está errado e faz? Os fabricantes investem milhões em pesquisas e concluem que deve ser dessa forma. E sabe o que você faz? E Abre a caixa, tira o papel e joga fora. E faz do jeito que acha que deve ser. E sempre que uso a palavra acha lembro de um professor do meu mestrado que me fez uma pergunta e eu fui respondendo: eu acho… E ele me interrompeu e disse “achismo não é ciência”. Fui agora no túnel do tempo. Mas vamos voltar ao vídeo. Que tal dar uma lida na próxima vez? É só um conselho.
Terceiro ponto: O que você pensa quando você encontra no mercado a mesma classificação de materiais com preços tão diferentes? Por exemplo, resinas compostas de 30 reais e outras de 100 ou até mesmo de 200? Não vou te responder o que você quer ouvir. Não vou te dizer que essa é melhor do que aquela. Vou apenas fazer a analogia. Tudo é carro, mas um custa 30.000 e outro custa 200.000,00. Você pode fazer o mesmo trajeto com os dois automóveis. Mas com certeza absoluta as vantagens que o de 200.000,00 te oferece jamais você conseguirá ter com o de 30.000,00.
E quarto ponto: E ainda usando a analogia do carro não adianta você ter esse tal carro de 200.000,00 e não saber dirigir. Entra no carro e não sabe o que fazer.
E aí volto ao começo do vídeo e te digo que hoje somos muitos no mercado de trabalho e que se você quer passar de nível nesse jogo existem algumas boas saídas: esteja atualizado, invista no  seu crescimento profissional, faça boas escolhas quanto a materiais, instrumentos e tecnologia, empregue o que você tem da melhor maneira possível, e faça com amor. Isso fará toda diferença.
Se você gostou desse vídeo coloque um like, se concorda ou discorda deixe aqui seu comentário e eu te vejo na próxima semana.

Deixe seu Comentário