ID#78 – Vamos fazer diferente?

Tempo de leitura: 4 minutos

Transcrição do vídeo

Olá pessoal olha eu aqui novamente no nosso primeiro vídeo de 2019. Tirei aí uns dias de folga dos vídeos porque a gente bem sabe que nessa época de final de ano todo mundo está ocupado com as confraternizações e términos de tratamentos, férias, milhões de coisas. Aí dei um tempo pra mim e pra vocês. 

Mas agora é hora de recomeçar, e eu já estava com saudades dos nosso vídeos.  E já quero avisar que estou com mil coisas na cabeça para inovar em 2019. Serão muitas novidades é bom que você fique atento, abra sempre nossos emails ou assine nosso canal do Youtube pra receber as notificações sempre que postarmos algo novo.

Bem, mais um ano novo e eu já sei que todo mundo traçou algumas metas, e é sempre assim. Mas o que que acontece? Escrevemos tudo, dobramos o papel e esquecemos ao longo do ano. Ou então nos determinamos a mudar algo e antes do carnaval já deixamos isso pra lá. Tô falando da grande maioria. Se isso não acontece com você, parabéns.   Mas por que eu estou falando sobre isso no nosso primeiro vídeo do ano? Exatamente por isso, porque durante esse mês de janeiro eu quero fazer você pensar em como você pode fazer com que 2019 seja um ao extraordinário, fantástico, o máximo. Eu tenho esse compromisso com cada um de vocês e se eu conseguir que pelo menos isso aconteça com 1, apenas 1 eu já estarei satisfeita. 

E hoje eu quero te dizer como a gente se sabota completamente apenas usando uma palavra. Como assim? Veja bem. Quando nós falamos algo qual o ouvido que está mais perto da nossa boca? Exatamente o nosso. O nosso ouvido. E as palavras tem muito poder. Se você não acredita nisso está tudo bem, mas eu acredito firmemente. E o que é que tenho visto no nosso mundo? Um monte de colegas dando desculpas para justificar que não anda muito bem. E pior. Acreditando piamente nisso. Aquela ladainha. Não estou bem porque o país não está bem. Não estou bem porque o mercado está saturado. E por aí vai. Já falei nisso em outros vídeos. 

E a pergunta é: O que você tem feito, de fato, para mudar isso? Se você fica dizendo, eu quero mudar, ou eu vou tentar mudar, ou eu gostaria e por aí vai. Sinto lhe comunicar que nada vai mudar. Eu falei que as palavras tem poder. Logo, se eu digo que eu quero, ou eu desejo, ou eu espero, eu gostaria. Pronto, já fez. Desejou e esperou, e nada mais. Fica só no desejaria, gostaria e por aí vai. Mas eu quero que você mude e por isso estou aqui te convidando a dar um basta nisso.

Vamos literalmente dar um basta nisso? O primeiro passo para a mudança é o BASTA. Vamos começar a mudar essa maneira de falar? Vamos realmente dar um BASTA? Só que tem um detalhe aí. A mente não entende coisas negativas. Então fale coisas positivas. Nada de dizer Não quero mais ser um dentista sem sucesso, não quero mais ganhar pouco ou não quero mais trabalhar tanto… As frases devem ser ditas de forma afirmativa. BASTA!!! A partir desse momento sou, sempre com o verbo no tempo presente, nada de futuro. Então, A partir desse momento sou um profissional bem sucedido ou bem sucedida, a partir desse momento sou realizada financeiramente, a partir desse momento tenho uma vida plena e abundante e assim vai, cada um sabe onde deseja dar o seu BASTA. Robert Dilts que é o cara da PNL, pra quem não sabe, programação neuro linguística, ele diz que a gente para mudar precisa de 3 coisas. Primeiro querer, lógico, é preciso querer.. Segundo é ter o conhecimento para mudar e o terceiro é dar a chance para que a mudança aconteça. Muita gente acredita que as coisas acontecem por acaso e não é bem assim. É preciso estar determinado, é preciso vencer a procrastinação, é preciso ter método. Mas como eu disse no começo durante esse mês falaremos mais sobre isso.

Então a partir desse momento escreva aquilo, pode ser só uma coisa, escreva o que você quer dar o basta na sua vida. E se sentir vontade escreve aqui embaixo, compartilha comigo que eu vou ficar feliz em saber e pode me ajudar para a realização dos próximos vídeos.

E se você gostou coloca um like e compartilhe. faça com que outros colegas conheçam o nosso trabalho e que essa corrente seja ainda muito maior no próximo ano.

Um beijo grande e nos veremos em breve.

Deixe seu Comentário