ID#39 – Protocolo Selamento Imediato da Dentina

Tempo de leitura: 3 minutos

Transcrição do vídeo

Olá, no último vídeo falamos um pouco sobre Selamento Imediato da Dentina, se você ainda não viu esse vídeo é bom ir lá antes de ver esse aqui, pois esse é a continuação do vídeo da semana passada. Como prometi hoje vamos conversar sobre como fazer o Selamento Imediato da Dentina.
Se você ainda não me conhece eu sou Dulce Simões do Inspirando Dentistas. Se você ainda não conhece o nosso projeto vai lá na nossa página inspirandodentistas.com.br assina nossa lista VIP e passe a ficar informado de tudo que andamos fazendo. E já vou adiantar que vai ter muita coisa nova nesse ano de 2018. Fique ligado nos nossos e-mails.
Mas vamos lá. Terminamos o vídeo passado exatamente com a pergunta: Como fazer o Selamento Imediato da Dentina? Eu vou passar aqui para vocês aquilo que faço, o protocolo que utilizo no consultório e que é bastante simples.
Então vamos lá para o que interessa realmente hoje. Você terminou o seu preparo, alisou, poliu, está tudo sobre controle, certo? Ótimo. Antes do passo de moldagem você vai fazer então o Selamento Imediato dessa Dentina. Já vimos as vantagens antes, e não vou comentar novamente aqui. E aí vem a pergunta, vamos usar o que para esse selamento? Os sistemas adesivos preferenciais para esse procedimento eram os convencionais de 3 passos e os auto-condicionantes de 2 passos, mas hoje os preferidos mesmo são os auto-condicionantes de dois passos. Por que? Já comentamos também em outros vídeos sobre a tendência atual de não se fazer mais condicionamento ácido da dentina. Evitar esse passo que pode incorrer em muitos erros de protocolo que podem levar a uma hibridização mal realizada.
Ótimo, escolhemos nosso adesivo. Vamos trabalhar.

Primeira coisa, sempre que possível, a utilização de isolamento absoluto é recomendada. Aí , isolado, dentina seca vamos com um microbrush aplicar o primer do sistema adesivo, lembrando que estou usando um auto-condicionante de dois passos. Esfregamos o primer com o auxílio desse microbrush.  Quanto tempo esfregamos? O tempo recomendado pelo sistema que você está empregando.  Na verdade todos eles mandam em torno de 20 a 30 segundos. 

Aplicou o primer? Agora é hora de aplicar um leve e constante jato de ar por, pelo menos, 30 segundos, para remoção do solvente que serve de veículo para o primer.  E  depois do jato de ar aplica o  monômero hidrófobo, que de preferência deve ter carga. Jato de ar para espalhar esse bond e  fotopoativação.

Alguns indicam parar por aqui, mas outros além desse bond ainda aplicam uma resina flow, que não deve ser colocada com o biquinho que vem no conjunto. Mas deve ser aplicada também com um microbrush ou um aplicador de hidróxido de cálcio só melando toda a dentina. Nada de colocar com o aplicador que já vem para não criar uma camada muito espessa. Terminou de colocar? Fotoativação novamente. 

Um super detalhe agora. Uma dica que vai fazer toda diferença. Sobre o sistema adesivo ou sobre a resina flow fotoativada coloque um gel hidrosolúvel (ex: gel KY Johnson & Johnson) e em seguida faça nova fotoativação.  fotoativação por mais 20 segundos. Por que isso? Lembram que a camada da resina que fica em contato com o oxigênio ela não polimeriza de forma eficaz? Completa? Pois esse é o motivo. Depois disso pega uma uma bolinha de algodão pequena embebida em álcool e limpa toda a região, todo o preparo.  Esses passos são importantes, porque a presença de monômeros não convertidos pode impedir a reação de polimerização de alguns materiais de moldagem. 

Feito isso, já pode lavar a cavidade e partir para a moldagem.

Espero ter clareado as dúvidas com esses dois vídeos, mas se ainda tem outras pode comentar aqui embaixo e não esquece de deixar um like também isso me anima bastante.

Um beijo grande e vejo você no próximo vídeo.

Deixe seu Comentário