ID#34 – Tratamento expectante

Tempo de leitura: 3 minutos

Transcrição do vídeo

Olá, você sabe o que é tratamento expectante e quando indicar? Se isso te interessou é sobre isso que vou falar hoje.
Se você não me conhece ainda, eu sou Dulce Simões, do Inspirando Dentistas, e esse é mais um vídeo semanal. Se está aqui pela primeira vez, conheça o nosso canal. Já temos quase 100 vídeos sobre vários assuntos voltados para a Odontologia Restauradora e mais alguns sobre outros assuntos que também vão te interessar.
Esse assunto de hoje foi o questionamento de uma colega em outro vídeo. Depois dessa explicação tenho certeza que você nunca mais vai esquecer. Vamos por partes, primeiro entendendo o que significa a palavra expectante. Expectante significa  “o que espera em observação”. E é exatamente isso que o tratamento expectante faz. 
Vamos colocar isso na prática, na real. Você começa a fazer um preparo cavitário, removendo o tecido cariado, vai removendo, vai removendo, e começa a perceber que a cavidade é extremamente profunda, e que se você continuar removendo todo o tecido, corre o risco de fazer uma exposição pulpar, tudo que  você não quer, com certeza. 
E aí entra o nosso astro de hoje, o tratamento expectante. Você deve remover o máximo de tecido cariado possível, e quando você perceber que já removeu todo aquele tecido bem amolecido, totalmente desestruturado e que agora o tecido ainda está mole mas não tanto e que se remover esse resto pode provocar uma exposição pulpar, você para por aí.
Pausa para explicação. Vou te explicar o porque de fazer esse procedimento. Vem comgo, o tecido cariado antes de ser contaminado e assim desestruturado permanentemente, ele é desmineralizado, apenas desmineralizados, e desse modo passível de remineralização. Isso é assim, antes das bactérias chegarem naquele área elas primeiro mandam ácidos que vão promover a desmineralização, e depois é que elas chegam.
E é nesse tecido somente desmineralizado, mas não contaminado que vamos trabalhar e investir. 
Voltando ao nosso preparo. Você está preparando e aí vai vendo que está chegando bem perto da polpa. Stop.  Lave a cavidade, seque a cavidade aí e coloque o queridíssimo hidróxido de cálcio. Feche provisoriamente e espere, lembra? Expectante é esperar para observar. Espere de 40 a 60 dias e não havendo sintomatologia alguma, reabra a cavidade. Atenção, atenção aqui a esse detalhe. Tem que remover todo o material que foi colocado, inclusive o hidróxido de cálcio. Aí vai olhar o que aconteceu. Vai começar, com caretas e brocas de baixa rotação remover todo o tecido que ainda estiver amolecido, poirque se está ainda amolecido é tecido contaminado e tem que ser removido sim.
Aquele que era apenas desmineralizado com certeza agora vai estar endurecido e assim deve permanecer no seu local de trabalho, que é protegendo a nossa querida polpa.
E aí é só correr para o abraço, ou seja, fazer o procedimento restaurador definitivo.
Gostou desse vídeo? Fez algum sentido para você? Deixa aqui seu comentário, coloca um like e compartilha, isso gera valor ao nosso conteúdo e ele vai ser cada vez mais difundido.
Beijo grande e vejo você no próximo vídeo.

Deixe seu Comentário