Dentista, sua desorganização financeira vai te quebrar

Tempo de leitura: 6 minutos

Transcrição do vídeo

Dulce do céu eu sou totalmente bagunçada financeiramente, já tenho tantos anos de formada e não sei nem quanto ganho. Você por acaso se identificou com essa fala ou conhece alguém assim? Então esse vídeo é pra você.
Olá eu sou Dulce Simões do Inspirando Dentistas e tenho feito muitos vídeos com o objetivo de ajudar os dentistas a dobrarem seus resultados e para dobrar você precisa antes de tudo saber o que é para você dobrar. Logo precisa saber onde está e onde deseja chegar. Tudo começa com clareza, passando pelo planejamento e organização. Já comecei a falar sobre organização e planejamento no vídeo passado e se não viu ainda te aconselho que pare agora, vá lá assista e depois volte. para que possamos estar falando a mesma língua.
E vamos começar a organizar essa bagunça? Fique aqui comigo até o fim e vamos lá. 
Primeira coisa que tem que entrar na sua cabeça definitivamente é que você não pode ficar pensando que ser um bom dentista tecnicamente falando vai resolver os seus problemas. Você além de um dentista é um empreendedor, você tem um negócio e precisa cuidar muito bem desse negócio, e a área financeira é o coração de qualquer negócio. Você pode fazer lindas restaurações, ter o consultório lotado, mas se não tomar conta das finanças em breve terá surpresas desagradáveis. Depois não diga que não avisei. Você precisa ter total controle de todos os seus custos e suas receitas. Você precisa entender que se você é seu maior ativo tem que cuidar be da máquina e não pode trabalhar de sol a sol pois assim a máquina quebra mais rapidamente. Logo, precisa estar pronto para qualquer eventualidade que pode ser uma crise ou até mesmo, deus me livre, um problema de saude ou algo que te deixe fora da atividade. Você precisa também ter recursos para investir em tecnologia, qualificação, melhorias, afinal os pacientes estão ficando cada vez mais exigentes e o mercado competitivo.
Vamos ao longo dos próximos vídeos passar por alguns pontos chaves que você precisa entender e dar sua atenção. mas hoje nesse vídeo eu vou tocar em dois pontos cegos. Aqueles pontos que posso dizer que são os mais fáceis de você de cara ir resolvendo. Começando hoje. Aqui não quero ninguém curioso quero gente comprometida com resultados diferente e conto com você. Se você está comprometido e inspirado para começar já sua mudança coloca aqui nos comentários #dentistainspirada ou #dentistainspirado
Primeiro ponto. Não misture contas pessoais com contas profissionais. Erro de 99,99% dos dentistas. O que recebem colocam no banco e vão usando, pagando contas pessoais e as do consultório. As vezes chegam ao cúmulo inclusive de pegar dinheiro que vem de outras fontes, como outros trabalhos para pagar as contas do consultório. Com essa confusão como é que você pode saber se seu consultório é rentável? Se ele de fato está sendo um bom ou um mau negócio? Lidar diretamente com o dinheiro da sua clínica ou consultório não lhe dá o direito de misturar tudo. Evite isso a todo custo, tenha duas contas bancárias diferentes e dois cartões de crédito. Uma conta um cartão serão pessoal, sua, e outra conta e cartão serão do seu negócio. E falando em cartões e bancos. Tenha apenas um cartão para cada conta. Nada de vários cartões onde você vai pagar várias taxas e corre o risco de usa-los, pois quando não estamos lidando diretamente com o dinheiro ele se torna uma entidade que parece ser eterna e quando chega a fatura no final do mês, você grita e diz: onde gastei tanto? isso está errado. Pega o celular começa a somar e vai murchando… Quanto aos bancos hoje existem vários bancos que não cobram taxas. pesquise sobre isso, vai valer a pena. Seu dinheiro merece respeito. Dinheiro é bicho caprichoso e não leva desaforo pra casa. Cuide dele com carinho. Grave aí essa frase: O dinheiro não é uma posse, mas uma responsabilidade, e cabe a você dar-lhe o destino certo.
Outro ponto é estoque. 6. Estoque. Você tem cuidado desse aspecto? Ou vive assim: eita vou fazer tal procedimento e não tenho o material. Liga para a dental e compra sem nem pesquisar o preço afinal tá apagando fogo, precisa dele agora. Ou o outro lado da moeda. Vai para o congresso e vai comprando tudo que vê pela frente, ou entra nos sites de dentais e vai comprando e de repente percebe a quantidade de materiais vencidos que serão jogados no lixo. Nossa! chega doeu aqui no meu coração. Já viu alguém ter um negócio e não cuidar do estoque? Só os dentistas mesmo. E depois dizem que a profissão não dá dinheiro. Por que a odontologia vai te dar dinheiro se você não está cuidando dele? Volto a bater na sua cabeça. Se você está vivendo assim há anos e ainda se mantem é porque a odontologia não é uma profissão, ela é sua mãe. Com certeza se você estivesse em qualquer outro ramo, com qualquer outro negócio e com esse nível de desorganização, você já teria quebrado. Então só me apareça por aqui reclamando quando primeiro fizer o dever de casa. Controle e organize seu estoque. Busque melhores preços, negocie, aproveite oportunidades. É assim que você começa a dobrar seu faturamento. Mude sua mentalidade, comportamento e amplie suas habilidades.
Só esses dois pontos são necessários? Não. Existem outros como o seu pro labore, capital de giro, planejamento e avaliação constante, investimentos, fornecedores e tantos outros que eu considere importantes e que foram importantes e determinantes para mim ao longo da minha jornada de mais de 35 anos dentro da odontologia e que quero compartilhar com você.
Entender esses pontos muda todo o jogo e é para isso que você está aqui comigo para mudar o seu jogo, ser diferente e assim dobrar seus resultados
Se gostou desse vídeo não saia sem dar um like e deixar seu comentário abaixo vou ficar super feliz de saber como posso te ajudar.
Beijo grande e te vejo no próximo vídeo.

Deixe seu Comentário