ID#89 – Como limpar a dentina?

Tempo de leitura: 2 minutos

Transcrição do vídeo

Essa semana, não sei o que aconteceu, mas alguns colegas me fizeram perguntas sobre o cimento de ionômero de vidro. E essas perguntas estavam meio que conectadas à questão da adesão desse material ao dente, principalmente a adesão à dentina. E aí eu pensei… Está na hora de falar um pouco mais sobre esse material. Se você também quer saber, fique aqui comigo que o assunto hoje promete. 

Olá eu sou Dulce Simões do Inspirando Dentistas e se está aqui pela primeira vez vai lá no nosso site inspirandodentistas.com.br e assine a nossa lista VIP para começar a receber nossos emails ou cadastre nosso numero no seu WhatsApp para fazer paste da nossa lista de transmissão e ficar por dentro de tudo que estamos fazendo.

Então vamos começar relembrando alguns pequenos detalhes desse material. Os cimentos de ionômero de vidro possuem capacidade de se unirem à dentina e ao esmalte. Essa ligação, essa união, acontece de uma maneira diferente da adesão dos sistemas adesivos. Essa união do ionômero com os substratos dentários acontece através de ligações iônicas com o cálcio e essa união não é uma união muito forte, porém é uma união durável. Isso porque existem outros fatores que estão envolvidos na durabilidade dessa união, mas disso falaremos em outro vídeo, ok?

Quando vamos colocar um cimento de ionômero de vidro em uma cavidade e para que possamos obter uma união à dentina satisfatória, bacana, temos que limpar essa superfície. Temos que remover a lama dentária, sem contudo desmineralizar essa dentina porque lembre-se que a união é com o cálcio e se ter cálcio essa união diminui. Ficou claro?. É uma limpeza leve. Porém embora leve essa limpeza tem que ser feita com ácido. Um ácido fraco como o ácido poliacrílico. Nada de usar ácido fosfórico, que é ácido forte. 

E aqui vem a maioria dos questionamentos da semana. Posso usar outros materiais como clorexidina, ou hipoclorito de sódio? Não. essas substâncias não servem. Ficou claro? Tranquilo? Pois outra coisinha precisa ficar claro também. O uso desse ácido poliacrílico somente quando você estiver usando ionômero quimicamente ativado. Se o seu ionômero é fotoativado siga as instruções do fabricante do material que você está usando. Acho que agora fechamos o raciocínio. Pelo menos eu espero. Mas se tem alguma dúvida coloca aqui abaixo nos comentários. E aproveita e compartilha esse vídeo nas suas redes sociais, manda para os amigos, vamos fazer uma corrente de conhecimentos. Afinal juntos somos mais fortes.

Gostou desse vídeo? Fez sentido pra você? Então coloca um like e nos acompanhe no nosso instagram, facebook, podcast e youtube. E saiba que de onde veio esse vídeo tem muito mais.

beijo grande e te vejo no próximo.

Deixe seu Comentário