ID#51 – Cimento de Ionômero de vidro| 2 outros detalhes

Tempo de leitura: 3 minutos

Transcrição do vídeo

Eu espero que você tenha visto nosso vídeo anterior afinal esse é a continuação dele. Se não assistiu ainda eu te aconselho que pare agora, vá lá e depois volte pra cá e venha comigo descobrir os dois outros protocolos do Cimento de Ionômero de Vidro aqueles que prometi comentar no vídeo anterior.
Se você não me conhece ainda, eu sou Dulce Simões, do Inspirando Dentistas, e se ainda não acompanha o nosso canal assine aqui abaixo e passe a receber notificações sempre que postarmos um vídeo novo.
Mas vamos ao nosso queridinho Cimento de Ionômero de Vidro. E falo queridinho porque já sei que muita gente adora trabalhar com ele. E se gosta de trabalhar com ele tem que trabalhar corretamente. Vimos como proceder com os cimentos quimicamente ativados e agora vamos ver como proceder com os cimentos ionoméricos fotoativados e como faremos quando sobre ele colocaremos uma restauração de resina composta.
Vamos por partes. Diferentemente dos cimentos quimicamente ativados que você deve limpar a dentina com ácido poliacrílico para os Cimentos de Ionômero de Vidro fotoativados esse não é o protocolo indicado. Não  se faz essa limpeza com esse ácido poliacrilico. Esse material embora também se ligue ao cálcio da dentina e do esmalte possuem resina nas suas composições, logo apresentam alguns comportamentos diferentes. Para os cimentos de ionômero de vidro fotoativados, sigam as indicações dos fabricantes, leia o que eles indicam. Não u
Ha um único protocolo nem mesmo na mesma empresa.  Por exemplo a 3M tem dois cimentos fotoativados, o Vitremer e o VitreBond. Para o Vitremer se usa o primer dele e que já vem nele para limpar a dentina. Mas a indicação para o VitreBond é não fazer nada nessa dentina, apenas aplicar o material. 
Alguns já trazem seus próprios primers. Logo a dica é, para os, cimentos de ionômero fotoativados sigam as ordens dos fabricantes.
E o terceiro protocolo é quando vamos fazer resina composta depois do Ionômero. Muita gente se questiona de faz a colocação do sistema adesivo antes ou depois da colocação do ionômero. Resposta sobre isso. A sequencia se vai usar os dois, é aplicar o ionômero esperar sua presa e depois fazer o protocolo adesivo e resina composta. Muita gente aí pergunta, e não faz mal condicionar o ionômero e depois lavar? Se vai fazer esses passos, meu conselho é prefira os cimentos de ionômero de vidro fotoativados pois são mais resistentes ao ácido e a lavagem. Se vai usar o quimicamente ativado e vai ter que fazer tudo na mesma sessão, espere uns 5 minutos de presa para poder condicionar se você usa sistemas adesivos que condicionam a dentina, e faça esse condicionamento por apenas 10 segundos no máximo. Mas se ainda fica preocupada ou preocupado use um sistema adesivo autocondicionante de dois passos ou um universal, sem condicionar a dentina mas apenas o esmalte.
Espero que com esses dois vídeos tenha conseguido esclarecer algumas dúvidas sobre esse material e se de alguma forma te ajudou coloque um like e comente, isso é muito importante pra nós. Deixe também suas sugestões para novos temas e lembre-se que todas as semanas temos vídeos novos.
Bj grande e te vejo no próximo.

Deixe seu Comentário