ID#81 – Você também procrastina?

Tempo de leitura: 5 minutos

Transcrição do vídeo

Olá pessoal, que tal falarmos hoje sobre procrastinação? Muita gente colocou que uma das maiores interferências é exatamente a tal da procrastinação. E o que é a procrastinação? É a tal mania ou o vício de deixar sempre para amanhã, para depois e por aí vai. E hoje, nesse vídeo eu vou te falar sobre 5 maneiras de você evitar essa interferência que foi tão falada pelos colegas como um dos piores problemas. Uma das coisas que mais nos impede de realizar aquilo que queremos. 

Se você não me conhece ainda sou Dulce Simões do Inspirando Dentistas e de onde veio esse vídeo tem muito mais. Assine nosso canal e fique por dentro de tudo. E assine já, nada de deixar pra depois, afinal estamos falando de procrastinação.

A primeira coisa que eu quero deixar bem clara é que procrastinar não quer dizer que você seja preguiçosa ou preguiçoso, não é isso. Afinal você na verdade deixa de fazer aquilo que é realmente importante para a obtenção do seu objetivo e vai fazer outras coisas. Por exemplo você vai fazer um concurso público e precisa estudar. Precisa focar nisso. Aí você antes de começar a estudar, que é o que realmente importa, você vai dar uma arrumada na sua mesa, ou vai ler os seus emails, ou dar uma olhada nas redes sociais, mas é só uma olhadinha e quando vê se passaram vários minutos e as vezes até mais de uma hora. Pronto, aquilo que era realmente importante que era estudar ficou para depois e se você tinha se programado para estudar 4 horas só vais estudar 2 ou 3. 

Algumas pesquisas mostram que a procrastinação pode estar relacionada com algo que está no nosso código genético que é a impulsividade. Como assim? Voltando ao exemplo dos estudos. Você vai começar a estudar mas vai dar antes uma olhadinha nas redes sociais. Aí vêm lá algo que te chama atenção, e aí clica e vai ler. De lá aparece um email e você vai ler o email, e aproveita se lembra que precisa responder outro. E assim vai e vai e vai.

Então a primeira sacada para você começar a domar essa fera que existe dentro de você cujo nome é procrastinação é se colocar no presente. Ter foco. Respirar. Antes de começar a fazer a tarefa, respira, medita uns 5 minutos, se coloca no agora e vai. Nada de pensar em outras coisas. Fuja dessa armadilha. Controle absoluto da situação.

Segunda sacada. Divida as tarefas. Nossa mente gosta quando dividimos as tarefas. Por exemplo se você tem que escrever seu TCC ou sua tese e vai começar parece que para chegar no fim é preciso percorrer um caminho enorme. Você já começa cansado. Ai que tarefa enorme. Vai fazer o que? procurar algo mais simples e deixar isso, que realmente importa, para depois. Então divida as coisas. Coloque suas metas segmentadas. Pegue papel e caneta e vá dividindo. Sabe que gosto de fazer isso até com trabalhos de consultório? Os pacientes adoram. Como? Vamos imaginar que é um trabalho que vai demorar meses para ser concluído e ao longo do caminho você e o paciente vão ficando cansados, as vezes até desmotivado. Sabe o que eu faço? Divido por etapas e a cada etapa concluída eu informo que concluímos e comemoramos e aí começamos a seguinte mais animados. Testa aí com seus pacientes e veja como vai ser legal.

Terceira sacada: não seja tão duro com você. Dê uma folga ao seu crítico interno. Vamos imaginar que você tinha algo a fazer e não fez. Nada de ficar se chicoteando por isso, se martirizando, se cobrando e se achando o pior dos seres humanos. E não venha com aquela história de que precisa ser duro com você pois só assim as coisas irão acontecer. Isso é uma mentira que contamos para nós mesmos e que faz parte dos nossos grandes sabotares, mas isso é conversa para um outro momento. Já tem sido mostrado que pessoas que se punem demais realizam menos. Aproveite esse acontecimento para aprender e não para se castigar. pergunte a você mesmo: por que eu não fiz o que deveria ter sido feito? O que eu aprendi não fazendo tal tarefa? Se eu tivesse que viver esse período de novo o que eu teria feito diferente?

Quarta sacada: pense no seu eu no futuro. Comece a pensar em como você vai ficar ou como vai se sentir se você não conseguir realizar ou obter aquilo que você planejou. Comece a se conectar com a dor. Pense mesmo com todos os detalhes. Veja você lá no final do ano e não tendo alcançado aquele seu objetivo. Vai doer né? Então o que você tem que fazer já para que isso não aconteça?

E finalmente a quinta sacada é: Comemore. Comemora muito a cada etapa vencida a cada meta concluída a cada capítulo escrito, a cada curso feito, a cada quilo perdido. Comemore pois isso vai informar ao seu sistema o quanto é bom realizar e você vai começar a ficar viciado em concluir cada etapa. Afinal vai liberando dopamina. E ainda você pode comemorar se dando alguns prazeres. Por exemplo se você gosta de olhar redes sociais, fala pra você: se você terminar essa tarefa antes do prazo você terá o resto de tempo para fazer o que quiser, por exemplo olhar as redes sociais, ou ficar a toa. Afinal você conquistou esse direito, ele é seu.

Gostou desse vídeo? Fez sentido pra você? Então coloca um like, compartilha com aquela pessoas que você acha que anda procrastinando e vamos melhorar pessoal.

Beijo grande e  te vejo na próxima semana.

Deixe seu Comentário